Conheça artistas da música nacional que prometem entregar tudo em 2024

PREMIUM

3 MESES GRATIS

Ouça música de forma ilimitada, sem anúncios, e faça download das suas favoritas para ouvir onde e quando quiser.

Depois, R$ 24,90 ao mês.
Cancele quando quiser.

FREE

NENHUM PAGAMENTO E NECESSARIO

Ouça suas músicas favoritas de forma gratuita e explore nosso catálogo com milhões de faixas e playlists.

A Deezer sempre leva você a viagens musicais incríveis. E, neste início de ano, queremos te convidar a embarcar em mais uma jornada, desta vez com os artistas que prometem bombar em 2024 com músicas nacionais. O blog da Deezer, The Backstage, apresenta agora algumas dessas promessas, fazendo um passeio sonoro pelo nosso país.

Você vai viajar de Salvador a Goiânia, de Minas Gerais ao Rio de Janeiro, de São Paulo ao Ceará, e conhecer diferentes sonoridades. Você vai ouvir R&B, sertanejo, pop, indie, rock, folk, soul, hip-hop, trap, grime, drill, death metal, funk e muito mais.

E vai se surpreender, se emocionar e se divertir com esses nomes que têm tudo para entrar de vez na história da música brasileira. Então, prepare a sua mala e o seu fone de ouvido e venha conhecer Melly, Allana Macedo, Ebony, Amabbi, N.I.N.A., Veigh, Crypta, Carol & Vitoria, MC Ryan, Rebecca e muitos outros! Artistas incríveis que vão fazer você ficar de ouvido ligado em 2024 com músicas novas e de alta qualidade!

MELLY

Melly é uma cantora de R&B que canta em português e em inglês, além de tocar piano e violão desde pequena. Ela nasceu em Salvador, filha de artistas, e aprendeu a amar a música no seu lar-estúdio. Admiradora da voz de Amy Winehouse, a jovem já conta com o aval de ninguém menos que Caetano Veloso. Melly lançou o seu primeiro single em 2018 e, desde então, já apresentou diversos singles e álbuns, como Azul, de 2021. Com uma personalidade tímida, essa cantora surpreende no palco com a sua criatividade e originalidade.

ALLANA MACEDO

Allana Macedo é uma cantora sertaneja que nasceu em Planaltina, no Distrito Federal, e se mudou para Goiânia para investir na carreira musical, Assim como Marília Mendonça, sua grande inspiração, ela compõe músicas para mulheres que não se deixam abater. Allana lançou o seu primeiro single em 2018 e foi escolhida como artista da Deezer Next em 2023. Ela já tem vários singles e álbuns, como Barzin da Vida, lançado em 2020. Com uma personalidade forte, Allana diz que já sofreu demais, mas sempre dá a volta por cima.

LUCAS PRETTI

Com muita personalidade e versatilidade musical, Lucas Pretti é um cantor mineiro que já lançou dois EPs e vários singles. O artista já abriu shows de Vitão, MTK e Lagum, além de tocar um projeto chamado Sky Sessions, que reuniu nomes como Clarissa, João Figueiredo, Any Gabrielly e Carol Biazin, entre outros. Em 2023, lançou Mais Um Drama e Ondas, com clipes rodados no Japão e em Ibiza. As duas músicas falam sobre amores de verão, mas com estilos diferentes. Lucas também está nas telonas, no filme Turma da Mônica Jovem: Reflexos do Medo, interpretando o personagem Titi. Com certeza, um dos artistas mais autênticos e promissores da cena pop nacional.

EBONY

Ebony é uma artista carioca que começou a compor aos 18 anos. Aos 19, lançou seu primeiro single oficial e ganhou o Prêmio Genius Brasil de Artista Revelação. Desde então, Ebony se destaca como uma das grandes vozes femininas da música nacional. A artista, que lançou em 2023 o álbum Terapia, é apaixonada por arte desde criança e busca inspiração em diversos gêneros, como indie, funk, rock, pop e hip-hop. Ela define seu estilo como “pop-rap” e tem o sonho de brilhar como uma estrela do pop, sem se prender a rótulos nem se impor limites musicais.

AMABBI

Amabbi é a nova sensação do trap feminino, com apenas 18 anos de idade e muito talento. Ela se destaca pela voz incrível e pela capacidade de misturar diferentes ritmos, do urbano ao pagode. De São Paulo, do bairro Vila Espanhola, a cantora já chamou a atenção de vários artistas, como Pedro Qualy, Luccas Carlos e Felp 22, com quem fez parcerias. Sua primeira música foi Melhor Dia 8, junto com Yunk Vino, Cynthia Luz e Vulgo FK, que já alcançou mais de 1 milhão de plays em plataformas digitais.

N.I.N.A

N.I.N.A é uma artista que arrasa no grime e no drill, gêneros que misturam rap, eletrônica e influências urbanas. Ela começou como DJ e pesquisadora musical, mas se descobriu como MC, graças a sua voz e personalidade marcantes. A cantora já lançou dois álbuns, Pele e Para Todos os Garotos que Já Mamei, que foram sucessos de público e crítica. N.I.N.A está conquistando seu espaço na cena carioca com versos rimados e potentes, levando informação e cultura para todos os públicos, das minas aos manos.

VEIGH

Thiago Veigh é um cantor de trap que saiu de Itapevi, em São Paulo, e conquistou o Brasil. Ele começou a compor aos 18 anos, quando formou o duo Constelação. Em 2019, lançou sua primeira faixa solo, Indispensável. Em novembro de 2022, foi a vez do seu álbum de estreia, Dos Prédios, muito bem recebido pelo público. Veigh é uma das novas vozes do trap brasileiro que busca inspiração em diferentes ritmos.

CRYPTA

Crypta é uma banda de death metal que nasceu em 2019 da união de quatro mulheres que amam música pesada. Fernanda Lira e Luana Dametto eram da banda Nervosa e se juntaram a Tainá Bergamaschi e Jéssica di Falchi, também do metal. A inspiração do grupo vem de bandas clássicas e modernas do death metal, como Morbid Angel, Cannibal Corpse, Behemoth, Bloodbath e Cradle of Filth. Em 2020, elas assinaram com a Napalm Records, uma das maiores gravadoras de metal do mundo, e lançaram seu primeiro single, From the Ashes. Em 2021, foi a vez do seu álbum de estreia Echoes of the Soul, produzido por Arthur Rizk e Jens Bogren, seguido de Shades of Sorrow, de 2023.

MARIANA MUG

Mariana Mug é uma cantora com músicas que transmitem muita emoção e personalidade. Nascida em Patrocínio, em Minas Gerais, ela lançou o seu primeiro single, NUA, em 2020, e o seu primeiro EP em 2021. Em 2022, após fazer uma pausa devido à pandemia do coronavírus, ela voltou com tudo, com músicas novas e shows. Tanto que, em 2023, foi escolhida pela Rolling Stone Brasil como uma das novas vozes da música brasileira.

CAROL & VITORIA

Carol & Vitoria são irmãs que arrasam no pop brasileiro. Elas lançaram seu álbum de estreia, Gato Preto, em 2018. Após vários singles, passaram também a gravar projetos solo, chamados Cara e Coroa, em que falaram sobre suas diferenças. Para 2024, a expectativa é que elas voltem juntas com um novo álbum e músicas novas.

REBECCA

Rebecca é uma cantora de funk pop que impressiona pela força e números. Com poucos anos de carreira, a artista já conta com hits como Barbie, Ao Som do 150, Repara e Tô Preocupada (Calma Amiga). Ela também tem mais de sete milhões de fãs nas redes sociais e mais de um milhão de inscritos no Youtube. Rebecca é carioca, com raízes no samba e no funk. Ela começou a sambar na escola Acadêmicos do Salgueiro e depois se jogou no Baile da Gaiola, que mudou o funk no Brasil. Em 2018, lançou Cai de Boca, seu primeiro hit, que viralizou e virou um hino feminista. Rebecca já lançou mais de 50 músicas nas plataformas de streaming e seu catálogo tem mais de 400 milhões de plays.

MATU MIRANDA

Matu Miranda faz um som diverso e singular. Ele nasceu em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, mas se mudou para o Ceará, onde aprendeu e iniciou seu trabalho autoral. O artista mistura vários ritmos, como música instrumental brasileira, música nordestina, jazz, soul, MPB, pop e o que mais der na telha. Matu tem uma voz potente, sensível, jazzística e afinada, que encanta cada vez mais gente. Em 2020, lançou seu primeiro EP, MATU, e agora está prestes a lançar MATUTANDO, seu primeiro disco.

SASHA ZIMMER

Sasha Zimmer é uma drag queen que arrasa em tudo que faz. Afinal, é uma artista de mil e uma utilidades: canta, dança, dubla, toca, anima e lacra. Em 2022, lançou o seu primeiro álbum, chamado PROIBIDÃO, com 12 faixas que misturam funk, pop, rap e eletrônica com letras divertidas, provocantes e empoderadas.

MC RYAN SP

MC Ryan SP é um funkeiro que faz música com criatividade, irreverência e combatividade. Ele nasceu e cresceu na Favela Zaki Narchi, na zona norte de São Paulo, perto dos bairros do Carandiru e Santana. O artista não esconde as suas origens, sua quebrada e a sua luta, mostrando que o funk é uma forma de vencer na vida. E ele venceu mesmo! MC Ryan SP tem músicas que bombaram na internet, como Eai, Como Ce Tá?”, que tem 20 milhões de visualizações no YouTube, Os Mandrake Curte a Vida”, com Mc Paulin da Capital, e Revoada do Tubarão. Juntas, essas duas músicas têm mais de 35 milhões de visualizações.

JAPÃOZIN

Japãozin é um cantor de piseiro, um ritmo que mistura forró, brega e eletrônica. Ele nasceu em São Paulo, mas se considera paraibano de coração, pois foi criado em Campina Grande, na antiga comunidade da Cachoeira. Filho de pedreiro e de empregada doméstica, começou a fazer músicas de rap e funk para homenagear seus amigos e times favoritos. Mas foi no piseiro que ele encontrou sua vocação e o sucesso. Suas músicas, como Carinha de Neném, Amarok e Diferente das Diferentes, arrasam nos paredões e nas plataformas digitais. Tanto que o artista é conhecido como o “Brabo dos Paredões”.

Ler mais sobre esse tema: