MITA: festival reúne artistas com as melhores performances do mundo

PREMIUM

3 MESES GRATIS

Ouça música de forma ilimitada, sem anúncios, e faça download das suas favoritas para ouvir onde e quando quiser.

Depois, R$ 24,90 ao mês.
Cancele quando quiser.

FREE

NENHUM PAGAMENTO E NECESSARIO

Ouça suas músicas favoritas de forma gratuita e explore nosso catálogo com milhões de faixas e playlists.

Criado para quem não consegue pensar em um mundo sem música, o Mita Festival ganhou vida no ano passado pela mente criativa da musicista e luthier Ilana Rosenbal.

Neste ano (2023), o Festival Mita passa novamente pelo Rio de Janeiro e por São Paulo com algumas das melhores performances do planeta.

Festival na ponte aérea

Acrônimo para Music is the Answer (música é a resposta, em tradução livre), o Mita tem aquela vibe paz-e-amor dos grandes festivais do mundo. Não à toa, o Mita Festival 2023 apresenta uma programação estrelada. Com o apoio da Deezer, o evento abre suas portas às performances dos artistas no Rio de Janeiro, nos dias 27 e 28 de maio, com ingressos para pista a partir de R$ 950. Depois, ele segue para São Paulo, nos dias 3 e 4 de junho, com ingressos a partir de R$ 850.

No Rio, o evento acontece em uma área aberta do Jockey Clube conhecida como Pião do Prado, com 110 mil metros quadrados. O espaço tem uma vista privilegiada para o Cristo Redentor e fica pertinho da Lagoa Rodrigo de Freitas, com fácil acesso para quem chega de transporte público. Em São Paulo não é diferente. O Novo Anhangabaú fica na região central da cidade – pertinho de estações de metrô e de um terminal de ônibus – e foi recentemente revitalizado para se tornar um polo de entretenimento e cultura da cidade.

No ano passado, as estruturas do Mita São Paulo e do Mita Rio de Janeiro ficaram conhecidas por serem “à prova de perrengue”, graças à acessibilidade e aos serviços disponíveis. Pergunte a qualquer uma das mais de 65 mil pessoas de diferentes gerações que estiveram por lá, cantando juntas. Este ano, os shows serão divididos em dois palcos, com mais de 16 atrações por fim de semana. Eclético como no ano passado, o line-up inclui Lana Del Rey, Florence + The Machine, The Mars Volta, Haim, NX Zero, Planet Hemp, Jorge Ben Jor, Gilsons e mais.

Principais shows internacionais do Mita Festival 2023: Lana del Rey e Florence + The Machine

Quem abre o evento nas duas cidades é Lana del Rey, que não vinha para o Brasil desde 2018, quando participou do Lollapalooza. Esta será sua primeira apresentação ao vivo desde o anúncio do lançamento de seu nono álbum de estúdio, Did You Know There’s a Tunnel Under Ocean Blvd. Lana, que acaba de ser homenageada na Billboard Women In Music Awards de 2023, com uma premiação na categoria Visionary, deve mesclar músicas de seu novo disco, como a faixa-título e “A&W”, com sucessos como “Brooklyn Baby”, “Summertime Sadness” e “Video Games”.

O segundo dia do Mita começa com Florence + The Machine, há sete anos sem aparecer em território nacional. Agora é a vez da turnê do álbum Dance Fever, lançado em 2022, com 14 faixas e hit parades como “King”, “Free” e “Dream Girl Evil”, que levam pitadas de rock ao universo indie da banda, conhecida mundialmente por suas grandes performances. O que mais esperar do show de Florence + The Machine? Se a banda seguir o repertório dos shows anteriores, devem aparecer grandes clássicos, como “Never Let Me Go”, “Shake It Out” e “Dog Days Are Over”.

Atrações brasileiras do Mita Festival: da MPB ao rap

Artistas nacionais também devem brilhar nos palcos do Mita Festival 2023, desde novos talentos até nomes consagrados. Confira alguns agora mesmo!

Planet Hemp

Com apresentações ao vivo poderosas e contagiantes, a banda Planet Hemp completa três décadas de existência com a turnê do álbum Jardineiros (2022), o primeiro inédito em 22 anos. Os destaques são as faixas “Distopia” e “O Ritmo e a Raiva”, que devem aparecer no show do grupo (atualmente formado por Marcelo D2, BNegão, Formigão, Pedro Garcia e Nobru), ao lado de clássicos como “Mantenha o Respeito”.

Mas atenção: o show “Planet Hemp convida Tropkillaz” acontece apenas no Mita Festival RJ. A presença da dupla Tropkillaz, formada pelos DJs Zegon e Laudz e ganhadora de um Grammy Latino, deve trazer pitadas de dance music ao espetáculo.

Gilsons

Também no Rio de Janeiro, os quase novatos Gilsons – trio composto por um filho (José Gil) e dois netos (Francisco Gil e João Gil) de ninguém menos que Gilberto Gil – vão levar ao palco músicas que os projetaram, como sucessos do Olodum e novidades do disco Pra Gente Acordar. A cultura afro-brasileira, parte importante de suas raízes, está presente no suingue da percussão que já é sinônimo do trio. No novo álbum, as letras otimistas e inspiradoras combinam saudades, viagens e reencontros em faixas como “Voltar à Bahia”, “Duas Cidades”, “Vem de lá” e “Bela”. Prepare-se para os acordes de “Proposta”: ninguém consegue ficar parado.

Natiruts

O Mita Festival SP não fica atrás. Natiruts, Duda Beat e NX Zero são atrações nacionais que vão agitar a plateia na capital paulista.

A banda Natiruts chega diretamente dos Estados Unidos, onde está percorrendo sete cidades com a tour Good Vibration, mesmo nome do álbum e da faixa-título que traz um samba reggae animado, gravado em um show ao vivo com a cantora Iza. “O Carcará e a Rosa” e “Deixa o Menino Jogar”, primeiros sucessos da banda brasiliense, também estão na set list prometida para o que tem tudo para ser uma das melhores performances ao vivo do festival.

Duda Beat

“Bixinho”, do álbum Sinto Muito, que projetou a cantora recifense Duda Beat em 2018, é um dos hits que deve levantar a galera no Mita. Além desse clássico, a artista deve apresentar algumas música do seu segundo álbum, Te Amo Lá Fora, que acaba de ser relançado em edição Remix. Rebatizado com uma brincadeira numérica, o disco agora se chama “T3 4mo L4 For4 RMX” e já conta com mais de 1 milhão de streamings. O set list embala a nova turnê, mesclando a conhecida sonoridade regional de Duda com toques globais e um ritmo dançante. “Vocês vão conhecer uma Duda mais leve e solar”, a artista tem dito em entrevistas por aí.

NX Zero

Boa notícia vem também do NX Zero. Em 2017, os fãs que assistiam ao programa Altas Horas na televisão levaram um susto: Di Ferrero, Gee Rocha, Caco Grandino, Fi Ricardo e Dani Weksler avisaram que a banda iria acabar. Agora, seis anos depois, a notícia é muito melhor: eles voltam a se reunir na tour Cedo ou Tarde, que passará os próximos meses rodando o território nacional, incluindo o Mita SP e o Mita RJ. Prepare-se para muita nostalgia no repertório da banda emo que é a cara do começo dos anos 2000. Além da música que dá nome à turnê, o repertório deve trazer faixas como “Só Rezo” e “Razões e Emoções”, para ninguém sair com saudades.

Descubra nossas ofertas